AERONAVE QUE CAIU EM SP PERTENCIA A EMPRESÁRIO QUE NÃO ESTAVA A BORDO

Estadão 



A aeronave que caiu logo após decolar do Campo de Marte nesta sexta-feira, 30, era do modelo Cessna 210N, de prefixo PRJEE. Ela pertencia a Fernando Matarazzo, empresário do setor imobiliário e de venda de automóveis – era um representante da Mitsubishi. O dono não estava a bordo, segundo informações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O peso máximo de decolagem era de 1,7 tonelada e a aeronave comportava até cinco passageiros. A inspeção anual de manutenção da aeronave tinha validade até 13 de dezembro deste ano. 

A Anac aponta que o veículo estava registrado sob a categoria de serviços aéreos e que o certificado de aeronavegabilidade estava válido até o ano de 2022. LEIA MAIS




Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Publicar um comentário