CANETADA



Em 1º ato, Romeu Zema exonera servidores de cargos comissionados em Minas Gerais

Entre os funcionários poupados, estão da saúde, segurança e diretores de escolas. Governador ainda pediu levantamento geral em todas as áreas por meio dos recursos humanos.

Por G1 Minas — Belo Horizonte

Romeu Zema exonera servidores comissionados do estado, e poupa saúde, segurança e diretores de escolas — Foto: Reprodução/TV Globo Romeu Zema exonera servidores comissionados do estado, e poupa saúde, segurança e diretores de escolas — Foto: Reprodução/TV Globo
Romeu Zema exonera servidores comissionados do estado, e poupa saúde, segurança e diretores de escolas — Foto: Reprodução/TV Globo
No 1º ato como governador de Minas, Romeu Zema (Novo) exonerou os servidores de cargos comissionado e pediu levantamento em todas as áreas de recursos humanos da situação do funcionalismo. O decreto foi publicado na edição extra do Diário Oficial publicada na madrugada desta quarta-feira (2).
O número de servidores atingidos pelo decreto ainda era levantado no início da noite desta quarta-feira. Algumas áreas foram poupadas como segurança pública, saúde e os diretores de escolas.
O levantamento deverá ser enviado a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) ainda nesta quarta. “Caberá às unidades de recursos humanos dos órgãos da administração direta, autárquica, e fundacional do Poder Executivo estadual encaminhar no dia 2 de janeiro de 2019, ao Secretário de Estado de Planejamento e Gestão, as seguintes planilhas”. Entre os dados pedidos, estão nome, cargo, gratificação, órgão de exercício do servidor cedido e até situações de férias prêmio.
Na edição extra do Diário Oficial, o governador ainda delegou ao secretário de planejamento e gestão, Otto Alexandre Levy Reis, competência para nomear e exonerar determinados cargos.
Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Publicar um comentário