PROGRAMA BORBOLETA REALIZA PALESTRAS E RODA DE CONVERSAS NO MÊS DA MULHER

Palestras e rodas de conversas foram realizadas ao longo do mês de março pela equipe técnica do Programa Borboleta em diversas escolas e em vários departamentos da Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães.
Na última semana acompanhamos uma Roda de Conversa/palestra no CAPS AD, o evento alusivo as comemorações ao mês da mulher foi ministrada pela Assistente Social Celeste Rocha, um dos assuntos debatidos foi em relação ao programa e seu protocolo de atendimento, o que é violência doméstica e como identificar mulheres vítimas de todo e qualquer tipo de violência.
De acordo com a Assistente Social, no CAPS foram passadas orientações e esclarecimentos de dúvidas tanto para a equipe como para as usuárias dos serviços ofertados pela unidade.
Nesta quarta-feira, 27, foi a vez dos alunos do 1º ao 3º ano do ensino médio da escola Estadual Maria Otilia Lutz receberem a equipe de técnicos do Programa Borboleta, o evento voltado para o publico reuniu cerca de 400 alunos e de acordo com Celeste Rocha correspondeu a expectativa. 
Durante a palestra #NÃOSECALE vários alunos e professores tiveram a oportunidade de interagir com os profissionais do Programa Borboleta, no final do encontro eles agradeceram as orientações, o programa com uma rede de proteção pode ser contactado pelos telefone (77) 99701 1617. 
Criado pela Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, o Programa Borboleta busca o enfrentamento à violência vivenciada pelas mulheres no município, por meio da atuação de uma rede de serviços e com profissionais especialistas no assunto.
O prefeito Oziel Oliveira fez questão de compor uma equipe multidisciplinar que presta atendimento médico, policial, psicossocial e jurídico continuado, além de auxiliar a vítima a superar o impacto da violência sofrida e a resgatar sua autoestima e autonomia. 
A coordenadora Pedagógica da Escola Maria Otilia Lutz, Sueli Bezerra disse a reportagem que eventos com esses temas são de suma importância para ajudar na formação do caráter dos meninos e meninas. "Foi um dialogo aberto, franco e muito proveitoso para os alunos da nossa escola" disse Sueli. 

RODA DE CONVERSA NO CAPS AD






PALESTRA NA ESCOLA ESTADUAL MARIA OTILIA LUTZ
Estágiaria Rebeca Pepino e a Assistente Social Celeste Rocha

Alunos do turno vespertino Maria Otília Lutz 












VEJA ALGUNS TIPOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER  

Share on Google Plus

About CHICO DUVALLE

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário