COMPLEXO DE SAÚDE VAI TRAZER AGILIDADE NO ATENDIMENTO E GERAR RECEITA COM PACTUAÇÕES


por Arthur Valle

Depois da Câmara de vereadores foi a vez da imprensa conhecer o projeto do Hospital Municipal de Luís Eduardo Magalhães, na tarde desta segunda-feira, 1, em uma coletiva de imprensa o prefeito Oziel Oliveira, Felipe Melhem (Secretário de Saúde) e vereadores apresentaram o projeto para jornalistas, radialistas e blogueiros. 

Conforme o projeto, o Hospital Municipal de Luís Eduardo Magalhães será construído na área chamada complexo de saúde, local onde o prefeito Oziel Oliveira estrategicamente idealizou para dar agilidade no atendimento dos pacientes e evitar transtornos na hora de resolver uma demanda na área da saúde, o projeto nos moldes do Hospital de Seabra, recém inaugurado pelo Governo do Estado foi readequado pela arquiteta da secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, Rafaela Zílio e terá 102 Leitos, e 14 leitos de leitos de Uti. . 

Mais uma vez o prefeito lembrou das dificuldades encontradas para chegar até aqui e garantiu que a construção do Hospital será uma das prioridades da gestão, pois é uma ,luta dos poderes executivo e legislativo para atender a população que aguarda muita com muita expectativa. 

“Recebemos um município com as finanças arruinadas, trabalhamos incansavelmente para dar essa condição de poder tirar do papel um sonho e torna-lo realidade, agora não é mais um compromisso de campanha do Oziel, é o desejo de todos, inclusive da Câmara de Vereadores que vai receber o projeto para analises no jurídico e nas comissões” garantiu Oziel. 

O vereador Elton Almeida disse que todos os vereadores estão fechados para analisar o projeto e aprova-lo no sentido que o executivo possa tratar da assinatura de contrato com o Desenbahia , licitação e inicio imediato das obras. Os recursos junto ao Desenbahia devem chegar aos R$ 30 milhões, o restante será complementado pelo município, sendo que a obra estrutural deverá custar cerca de R$ 35 milhões. Com os equipamentos garantidos pelo Estado e pronto para funcionar a obra deverá custar em torno de R$ 70 milhões. 

Oziel disse também que a construção do Hospital de Luís Eduardo Magalhães é um compromisso do Governo do Estado, ressaltando que o Governador Rui Costa anunciou em Barreiras a contrapartida na execução da projeto. 

No ano passado quando esteve na SEDUR a deputada estadual Jusmari Oliveira disponibilizou técnicos para começar a desenhar a obra, Jusmari Oliveira disse a reportagem que estar otimista com a realização e concretização desse projeto que deixar de ser um sonho para se tornar realidade. 

A nova estrutura contará com 102 leitos, 14 leitos de UTI, quatro (4) centros cirúrgicos e centro de imagens e diagnósticos tudo em um só lugar para facilitar e agilizar a vida do paciente, o Secretário de Saúde disse que o Hospital será um dos mais modernos e equipados da região e vai poder atender pacientes de outras regiões, como já faz, mas a partir da construção do Hospital os pacientes serão encaminhados (pactuados) com os municípios e o próprio Estado. 

ELEVAÇÃO DA UPA PARA PORTE II 

Felipe Melhem destacou na coletiva que o número elevado de atendimentos mensais para a atual estrutura da UPA que é nível I, vem trazendo prejuízos para os cofres do município e que todos os meses o tesouro municipal banca a diferença, disse ainda que muitos procedimentos são de pacientes de outras regiões, para resolver o problema o secretário disse que a mesma precisa ter estrutura de uma UPA nível II para atender a demandas, isso elevaria o teto das receitas e que esse processo já foi pleiteado junto ao Ministério da Saúde. 

Dados da Secretaria de Saúde mostram que “Mensalmente atendemos em torno de 10 mil pessoas. Recebemos uma verba de 170 mil, mas gastamos aproximadamente 600 mil em recursos próprios para manter a UPA. O que significa dizer que ela recebe como aporte l, mas funciona como aporte ll. E nós estamos preparando uma reforma para se tornar aporte ll. Nosso desejo é melhorar o atendimento e dar mais comodidade a população de Luís Eduardo Magalhães, que esse povo merece” esclareceu o secretário. 

A construção do Hospital Municipal de Luís Eduardo Magalhães dará a cidade resolutividade no atendimento médico, realização de exames e vagas de UTI. A estrutura do Hospital e Maternidade Gileno de Sá será transferida para o novo hospital e o que já é investido lá será direcionado para a nova estrutura. O governo municipal está preparado para manter um hospital moderno e com parceria com o Estado da Bahia. 

Atualmente, pacientes de alta complexidade precisam esperar por um leito para serem transferidos para o Hospital do Oeste – HO, em Barreiras, dependendo do tratamento esperam de 10 a 20 dias para ir para um leito em Salvador. O sofrimento dos luiseduardenses não pode ficar sem uma solução. 

Os vereadores Vitor do Ferro Velho, Elton Almeida e Carlos koch (PSC) participaram do evento e confirmaram que estão prontos para analisar o projeto e votar favorável para que essa obra saia do papel, o vereador Eltinho disse que se depender da Câmara de Vereadores, o prefeito vai poder avançar com a obra ainda este ano. 




TIRANDO AS DÚVIDAS 

Na semana passada o vereador presidente da Câmara Municipal, Reinildo Nery, disse que as dúvidas que ele tinha em relação a manutenção do hospital foram sanadas. “Esse é o clamor do povo há muito tempo e por isso eu estou aqui representado os nossos cidadãos. Hoje, eu tirei minhas dúvidas e vou aguardar o projeto para votar pela saúde dos nossos munícipes” declarou o vereador. 

Na oportunidade os vereadores: Reinildo Nery; Silvano Santos; Carlos Koch, Nei Vilares, Filipe Fernandes, Luciano Santos, Kelmuth Maclaren, Elton Almeida e Raimundo Nacional Motos e Santil Coqueiro prestigiaram a apresentação do projeto. 




Fonte: Prefeitura LEM




Share on Google Plus

About CHICO DUVALLE

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário