HÁ 1 ANO PRESO, EX-PRESIDENTE ESCREVE: ‘POR QUE TÊM TANTO MEDO DE LULA LIVRE?’


 © Instituto Lula O ex-presidente Lula está preso desde 7 de abril de 2018, acusado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá

Ao completar 1 ano preso neste domingo (7.abr.2019), em artigo, o ex-presidente Lula disse ter a consciência tranquila sobre sua inocência. O petista se diz vítima de uma “farsa judicial” em decorrência de 1 movimento político iniciado pelos derrotados nas eleições presidenciais de 2014, que chegou em 2018 com o objetivo de impedir sua candidatura à Presidência “a qualquer custo”.

Lula também afirma que o ex-prefeito Fernando Haddad (SP), que foi candidato à presidente pelo PT em 2018, só foi derrotado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) devido a uma “indústria de mentiras nas redes sociais, financiada por caixa 2 até com dinheiro estrangeiro”.

“Por que têm tanto medo de Lula livre, se já alcançaram o objetivo que era impedir minha eleição, se não há nada que sustente essa prisão? Na verdade, o que eles temem é a organização do povo que se identifica com nosso projeto de país. Temem ter de reconhecer as arbitrariedades que cometeram para eleger 1 presidente incapaz e que nos enche de vergonha”, disse em texto publicado no jornal Folha de S. Paulo neste domingo (6.abr.2019).

O ex-presidente Lula está preso desde 7 de abril de 2018 após condenação de 12 anos e 1 mês, em 2ª Instância, no caso do tríplex no Guarujá (SP). Ele foi acusado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O petista cumpre pena na Superintendência da PF (Polícia Federal), em Curitiba.

Ao dizer que houve 1 movimento político contra ele, Lula afirma que “o golpe do impeachment” contra a ex-presidente Dilma Rousseff foi na verdade “contra o modelo de desenvolvimento com inclusão social que o país vinha construindo desde 2003”.

“Aquele modelo era e é intolerável para uma camada privilegiada e preconceituosa da sociedade. Feriu poderosos interesses econômicos fora do país”, disse. Segundo o ex-presidente, o impeachment trouxe ao país o neoliberalismo “em versão mais radical”.

“Prometeram que bastava tirar o PT do governo que os problemas do país acabariam. O povo logo percebeu que havia sido enganado. O desemprego aumentou, os programas sociais foram esvaziados, escolas e hospitais perderam verbas”, disse.

Lula afirma ainda que a Lava Jato “foi pano de fundo no golpe do impeachment” e da tentativa de impedir sua candidatura.

“Atropelou prazos e prerrogativas da defesa para me condenar antes das eleições“, disse. “Nada encontraram para me incriminar: nem conversas de bandidos, nem malas de dinheiro, nem contas no exterior. Mesmo assim fui condenado em prazo recorde, por Sergio Moro e pelo TRF-4′‘ , completou.
Share on Google Plus

About CHICO DUVALLE

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário