GOVERNO NÃO PAGA E CERCA DE 4 MIL PACIENTES DE ONCOLOGIA FICAM AMEAÇADOS



Mais de três mil e quinhentos pacientes poderão deixar de ser atendidos mensalmente na área ONCOLÓGICA em Imperatriz do Maranhão e Região 
Governador Flávio Dino (PCdoB) ainda não se pronunciou sobre o assunto

O Hospital São Rafael vem a público esclarecer que solicitou rescisão de contrato firmado com o Sistema Único de Saúde (SUS) UNACON junto à Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão, prestado em sua Unidade de Oncologia desde de 2006. 

A medida foi tomada em razão das inúmeras tentativas de negociações com a Secretaria de Saúde do Estado, com o intuito de realinhar o contrato para viabilizar os serviços prestados e reaver os atrasos nos pagamentos, com várias tentativas de negociação ocasionando um déficit ao Hospital, sem resposta por parte da Secretaria de Estado apesar das promessas efetuadas. 

O Maranhão possui três centros de tratamento de oncologia público que atende todo o Estado, sendo dois em São Luiz e um em Imperatriz. A Unidade Oncológica do Hospital São Rafael realiza atendimento a toda Região Sul e Tocantins, atingindo 43 municípios. Frisamos que lamentavelmente, sem estes atendimentos necessários essa população ficará desassistida, devendo ser realizados em São Luís. 

A Unidade se tornou referência no tratamento do câncer na região Sul do Estado mesmo com atrasos nos repasses dos pagamentos devidos e quatro anos sem qualquer reajuste contratual. Nos orgulhamos dos serviços por nós prestados e de todas as conquistas que trouxemos para a cidade de Imperatriz e para a região tocantina e, principalmente, para a população assistida durante todos estes anos. 

O Procurador Newton Bello da Ministério Público do Maranhão, ao ser notificado da nossa decisão, realizará, possivelmente no dia 14 de junho próximo, uma reunião com o Secretário de Saúde do Estado, Dr. Carlos Lula entre outras tratativas na tentativa de reverter o desacordo com o Governo do Estado, para que seja liberado os pagamentos atrasados da Unidade e reajustado os valores do contrato SES-UNACON-Imperatriz. 

A Associação de Amparo aos pacientes de câncer da Região Tocantina – Ampare, também notificada do distrato, prontificou-se a tomar medidas junto a população da região visando a continuidade do atendimento tão necessário à população. 

Entretanto, vale ressaltar que o Hospital São Rafael tem interesse de continuar a prestar serviços aos pacientes oncológicos, uma vez que sabe da necessidade da população local, desde que o Estado viabilize financeiramente os atendimentos 

A Unidade continuará com os atendimentos durante os próximos noventas dias. Encerrando o atendimento no dia 5 de setembro de 2019, se não houver o realinhamento do contrato com o Governo do Estado.
Share on Google Plus

About CHICO DUVALLE

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário