VERSTAPPEN VENCE A “CORRIDAÇA” DA F-1 NA ALEMANHA; HAMILTON E LECLERC BATEM

 Gabriel Gavinelli 

Max Verstappen conseguiu sua segunda vitória na temporada em um excelente, e caótico, Grande Prêmio da Alemanha de Fórmula 1, que viu Sebastian Vettel e Daniil Kvyat completarem o pódio após erros dos líderes.

Vettel fez uma corrida de recuperação largando no final do grid para terminar na segunda posição, beneficiando-se dos vários carros de segurança e da boa estratégia da Ferrari.

Kvyat conquistou o terceiro pódio de sua carreira, antes de ser ultrapassado por Vettel na penúltima volta. Ele conseguiu se manter à frente de Lance Stroll, quarto colocado, para conquistar o primeiro pódio da Toro Rosso em 11 anos.

Stroll travou uma disputa dura pelo pódio, colocando os pneus slicks um pouco antes do final da corrida, antes de todos pararem. O canadense liderou a corrida brevemente antes de ser ultrapassado por Verstappen.

A Mercedes não teve uma boa comemoração dos seus 125 anos em sua corrida em casa, e não pontuou no Grande Prêmio da Alemanha.

Lewis Hamilton cruzou a linha na P11 antes de rodar na última curva quando optou pelos pneus slicks, destruindo sua asa dianteira. Ele ainda retornou aos boxes pela grama, e foi penalizado com cinco segundos por não seguir o procedimento padrão.

Nas últimas voltas, o pentacampeão rodou na Curva 1, antes de seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas – que perseguia Stroll pela última posição no pódio – rodar e destruir sua W10 no mesmo ponto.

O último ‘safety car’ permitiu que o pelotão se agrupasse novamente e visse a escalada de Vettel até a P2. Enquanto a equipe comemorava como uma vitória a posição de Vettel, o lado de Leclerc nos boxes da Ferrari não tinha motivos para se alegrar.

O piloto monegasco rodou na última curva em condições ainda molhadas depois de sair dos boxes com os pneus slicks, momentos antes de Hamilton rodar na mesma curva – que viu vários pilotos rodando, alguns acertando as proteções.

No entanto, ao contrário do acidente de Hamilton na volta 29, os danos na SF90 de Leclerc o impediram de continuar. O piloto da Ferrari foi um dos sete pilotos que não completaram a corrida.
Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário