PROFISSIONAIS DA REDE MUNICIPAL DE SAÚDE RECEBEM CAPACITAÇÃO PARA O TESTE DO PEZINHO


Funcionários da secretaria municipal de Saúde e da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Luís Eduardo Magalhães, participaram na manhã desta quinta-feira (22) no Centro Cultural, de uma Capacitação em Triagem Neonatal ministrada por uma equipe da APAE de Salvador.

Compareceram as atividades enfermeiros e técnicos de enfermagem das salas de vacina, Policlínica Municipal, Hospital e Maternidade Dr. Gileno de Sá e postos de saúde.

Durante as oito horas de capacitação, eles receberam orientações sobre a importância do teste do pezinho nos recém-nascidos, entre elas, o diagnóstico precoce de algumas doenças. De acordo com o secretário de Saúde, uma iniciativa importante que ajuda a garantir a qualidade de vida dos bebês.

“Esse procedimento é um direito de todas as crianças. Se algumas doenças não forem detectadas e tratadas desde cedo, podem levar a deficiências intelectuais e causar outros prejuízos”, comentou.

O exame é simples e deve ser realizado entre o 3º e o 5º dia de vida. O teste é feito por meio da coleta de algumas gotinhas no calcanhar do bebê e tem como principal objetivo diagnosticar precocemente doenças metabólicas, genéticas e infecciosas.

O teste do pezinho é um exame obrigatório para todos os recém-nascidos e gratuito na rede pública de saúde. No SUS, no ano de 2017, 53,51% das crianças realizaram o teste até o quinto dia de vida do bebê; seguido por 18,27% entre 6º e o 8º dia; e 12,77% entre 9º e o 15º dia. Outras 8,2% realizaram entre o 15º e o 30º dia de vida; e 4,53% realizaram após 30 dias de vida.



Assessoria de Comunicação (ASCOM)
Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA
Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário