BRASILEIRÃO: ATLÉTICO-MG DESFALCADO POR COVID-19 CAI PARA O ATHLETICO E PERDE INVENCIBILIDADE NO MINEIRÃO

 Telmo Ferreira / Gazeta Press 


O Atlético-MG viu cair nesta quarta-feira (18) uma longa invencibilidade de 15 jogos como mandante (10 deles somente no Campeonato Brasileiro). Enfraquecido pelos muitos desfalques por COVID-19, desde jogadores titulares até o técnico Jorge Sampaoli, o Galo perdeu para o Athletico-PR por 2 a 0, em partida atrasada da 6ª rodada.

Christian comemora primeiro gol do Athletico-PR contra o Atlético-MG© Gustavo Rabelo / Gazeta Press Christian comemora primeiro gol do Athletico-PR contra o Atlético-MG

Christian e Nikão anotaram os gols da equipe paranaense, que assim soma a terceira vitória consecutiva sob o comando de Paulo Autuori e sobe ainda mais na tabela. Antes na zona de rebaixamento, o Athletico agora é o 10º colocado, com 25 pontos, já dentro da zona de classificação à Copa Sul-Americana.

A liderança segue com o Atlético-MG, que estaciona nos 38 pontos e joga fora a chance de abrir cinco de vantagem para os vice-líderes Internacional, São Paulo e Flamengo, com 36. Vale lembrar que o Tricolor tem três partidas a menos que os demais concorrentes, e por isso ostenta o melhor número de pontos perdidos.

Em campo, o Atlético-MG, dirigido nesta noite por Leandro Zago, foi vítima de um primeiro tempo pouco inspirado. Sem Guga, Réver, Allan e Eduardo Vargas, além da energia de Sampaoli na beira do gramado, o time alvinegro criou oportunidades, mas nada comparável ao que já fez em suas melhores exibições. A melhor chance foi de Guilherme Arana, aos 35 minutos, em chute forte que parou em grande defesa de Santos.

O Tricolor Gaúcho não encontrou problemas para confirmar sua vaga na fase seguinte com vitória por 2 a 0, deixando o placar agregado em 4 a 1© Fornecido por ESPN

O Tricolor Gaúcho não encontrou problemas para confirmar sua vaga na fase seguinte com vitória por 2 a 0, deixando o placar agregado em 4 a 1

A essa altura, o Athletico já estava em vantagem. No minuto anterior à chance de Arana, Christian aproveitou passe de Erick e, livre de marcação, só tocou para o fundo das redes. O placar foi ampliado aos 45, em finalização de Nikão que desviou em Bueno antes de entrar.

Os donos da casa voltaram mais atentos para o segundo tempo, após as entradas de Calebe e Nathan, e criaram duas situações de gol em três minutos. Arana e Keno, porém, não acertaram os chutes. Aos poucos, o Athletico conseguiu estabilizar sua postura defensiva e passou a assustar em descidas rápidas ao ataque.

O Atlético-MG seguiu criando. Santos apareceu com duas boas defesas, em chutes de Arana e Sasha, mas o ímpeto aos poucos esfriou. Assim, o Galo voltou a perder em casa após nove meses. A última derrota havia sido contra a Caldense, ainda sob comando do venezuelano Rafael Dudamel, em 16 de fevereiro.

Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Publicar um comentário