EDUARDO PAES, DO DEM, É ELEITO PREFEITO DO RIO DE JANEIRO


Eleito pela terceira vez, ele venceu Crivella (Republicanos) com o dobro de votos do atual prefeito. Com 87,96% das urnas apuradas, às 18h45, Paes somava 1.435.893 votos, ou 64,41% dos válidos.


Por G1 Rio


Eduardo Paes ao votar neste domingo (29) — Foto: REUTERS/Sergio Moraes


Eduardo Paes (DEM) foi eleito neste domingo (29) prefeito do Rio de Janeiro. Será o terceiro mandato do bacharel em direito de 51 anos, que já governou a cidade entre 2009 e 2017.

"A primeira mensagem que eu queria passar é de agradecimento, aos cariocas que foram às urnas e acreditaram nas nossas propostas", disse o eleito, ao lado do presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Queria também celebrar aqui uma vitória da política. Nós passamos os últimos anos radicalizando a política brasileira. O resultado desse radicalismo certamente não fez bem a nenhum de nós cariocas, não fez bem a nenhum de nós brasileiros", emendou.

Com 97,86% das urnas apuradas, às 19h15, Paes somava 1.599.092 votos, ou 64,14% dos válidos, derrotando o atual prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos), que tinha 894.189 votos (35,86%). Crivella tinha o apoio do presidente Jair Bolsolnaro (sem partido).

Brancos (5,02%) e nulos (13,73%) somavam 575.326 votos. Houve ainda 1.685.459 abstenções (35,45%). Somados brancos, nulos e abstenções, chegava-se a 2.260.785 “não votos”, mais do que o obtido por Paes e por Crivella separadamente e quase a metade do eleitorado.


Paes liderava em todas as zonas eleitorais do Rio.

Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Publicar um comentário