EMBASA RETIRA LIGAÇÃO CLANDESTINA EM ÁREA DE OCUPAÇÃO IRREGULAR EM BARREIRAS

Uma equipe da Embasa retirou, na manhã de hoje (22), no bairro Buritis, em Barreiras, uma ligação clandestina que abastecia irregularmente um conjunto habitacional, na saída para Salvador, recentemente invadido em Barreiras. Com o apoio da Polícia Militar, os técnicos escavaram uma vala e retiraram parte da rede irregular, que segundo estimativa dos técnicos, tinha capacidade para atender diariamente a um grupo de cerca de 500 pessoas, registrando uma perda mensal de 1500 metros cúbicos.

 

“Já tiramos anteriormente essa ligação clandestina e, diante de algumas ameaças aos nossos funcionários, pedimos o reforço da Polícia Militar, para que novamente pudéssemos coibir esse furto de água. Estamos trabalhando para identificar e retirar este tipo de irregularidade que somente prejudica a população que paga a sua conta em dia. Este tipo de interferência na rede compromete a oferta e a qualidade de água para o restante da população”, denuncia a gerente da Embasa em Barreiras, Daryanne Mascarenhas.

 

Por causa dos transtornos gerados por este tipo de ligação, a Embasa vem intensificando o trabalho de identificação e retirada de ligações clandestinas diretamente na rede de água ou by pass, um desvio realizado para a água não ser contabilizada pelo hidrômetro. No Loteamento Cidade Nova, foram identificadas e retiradas 39 ligações clandestinas; no Jardim Nova América, foram 26, todas retiradas. Nos casos em que foram identificados, os infratores foram autuados com multa e demais sanções previstas pelo Código Penal.

 

Somente nos três últimos meses do ano passado, o escritório local da Embasa em Barreiras identificou e retirou ligações clandestinas que somadas totalizam cerca de 1.200 metros cúbicos de água furtada. “Essa quantidade de água daria para encher uma piscina olímpica com dois metros de profundidade, e proporção de 50 x 25 metros”, explica Mascarenhas.

 

Diante destas irregularidades, a Embasa reforça que qualquer intervenção no hidrômetro e na rede da Embasa com o intuito de furtar água é crime e o infrator está sujeito ao cumprimento das penalidades previstas na legislação vigente. Denúncias e suspeitas de irregularidades podem ser informadas de forma anônima pela agência virtual (www.embasa.ba.gov.br) ou pelo 0800 0555 195.






Assessoria de Comunicação da Embasa

Unidade Regional de Barreiras (UNB)

Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Publicar um comentário