ENGENHEIRO QUE ESCAPOU DA MORTE NA CURVA QUE MATOU FAMÍLIA DE BRASILIA FAZ ALERTA AS AUTORIDADES



ENGENHEIRO ESCAPOU POR MILAGRE DE ACIDENTE NA MESMA CURVA QUE MATOU FAMÍLIA QUE IA DE BRASÍLIA PARA O CEARÁ




Reportagem exclusiva do Mural do Oeste

O engenheiro civil Felipe Souza entrou em contato com o Mural do Oeste e relatou que sofreu um acidente semelhante ao que matou uma família que ia de Brasília para o Ceará, em uma curva há 22 quilômetros de Formosa do Rio Preto. Ele diz que escapou por milagre. A diferença é que o carro do engenheiro caiu do lado oposto ao que caiu a família de Brasília, além disso bateu em uma árvore, amorteceu a velocidade e desceu de ré sem capotar. “Meu carro caiu na ribanceira, por sorte bateu em uma árvore e não tombou. Eu consegui sair e subir machucado 33 metros de penhasco para pedir socorro.” Passaram sete carros e só o oitavo parou e o socorreu. Ele conta que estava passando muito mal, foi levado para o Hospital de Formosa do Rio Preto com uma luxação na costela e no baço. O acidente com engenheiro ocorreu no dia 19 de novembro.

Ao Mural do Oeste, Felipe reivindicou que as autoridades coloquem sinalização nas proximidades do local, alertando os motoristas sobre os perigos da curva, instale proteções laterais na pista e sonorizadores.”O lugar é muito perigoso e quem não conhece corre grande risco de sofrer acidente sem que ninguém veja e a vítima fica sem receber socorro”, diz ele.

Já a família que saiu de Brasília com destino ao Ceará não teve a mesma sorte. O carro em que estava o pai, a namorada do pai e também a filha dele, passou direto, caiu na ribanceira, tombou por várias vezes e foi parar no fundo do penhasco. A família ficou desaparecida por vários dias e só nesta segunda-feira, 18, foi encontrada por uma força tarefa formada por militares e cidadãos comuns. Os três ocupantes do veículo morreram. Uma tragédia que abalou a região.






Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Publicar um comentário