EQUIPE PEDAGÓGICA DE JÚNIOR MARABÁ TRABALHA PARA REINICIAR ANO LETIVO 2020/2021


O calendário de aulas da rede pública de ensino de Luís Eduardo Magalhães segue indefinido, algumas cidades brasileiras estão anunciando calendário para primeira semana de fevereiro e com aulas presenciais e aos feriados e fins de semana e com previsão de fechar o ano letivo de 2020 no mês de maio, o ano em curso podendo ser iniciado imediatamente, ou seja em junho. 

O prefeito Júnior Marabá, disse em coletiva que a transição (informações da gestão anterior) foi prejudica e com isso a equipe da Secretaria de Educação da nova gestão vem trabalhando dobrado para levantar todas as informações referentes ao ano letivo de 2020, ele disse que todo esse esforço é para que não haja maiores atrasos no ano letivo dos alunos, de forma a complementar os estudos – sendo todos remotos ou seguindo os protocolos relacionados a pandemia. 

De acordo com o Secretário de Educação, professor Carlos Lopes da Fonseca, em oficio encaminhado aos diretores das escolas da rede municipal de ensino, em virtude da nova gestão e da necessidade de trâmite de documentos, cada unidade escolar deverá funcionar com todo corpo administrativo em horário comercial para que acelere as informações e facilite a execução do planejamento da volta às aulas. “Estamos verificando a situação das unidades escolares e fazendo o replanejamento do terceiro trimestre e iniciando o planejamento da volta às aulas” O Secretário de Educação Carlos Fonseca fala sobre o planejamento 

A professora Marli Censi, que responde pela Diretoria Geral de Ensino disse que o município não pode iniciar um ano letivo sem findar o outro, ou seja, as crianças novas que precisam entrar na creche e os que estavam na pré-escola e vão para o primeiro ano terão que esperar mais um pouquinho. Marli Censi - Diretoria Geral de Educação

A Secretaria de Educação aguarda relatório da Secretaria de Saúde para analisar a possibilidade de aulas presenciais ou não. Ouça o que diz Marli Censi sobre a equipe pedagógica


O Governo do Estado prorrogou o decreto que suspende as aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada e os shows em toda a Bahia. A prorrogação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) na última terça-feira (5) e vale até o dia 15 de janeiro de 2021. 

O decreto, que venceria na segunda (4), ainda proíbe a realização de atividades com público superior a 200 pessoas, como passeatas, feiras, circos, eventos científicos, desportivos e religiosos. Shows e festas, públicas ou privadas, seguem proibidos independentemente do número de participantes. 


Rede particular 

Em Luís Eduardo Magalhães o calendário da rede particular de ensino deverá ser diferente, no entanto, cada instituição tem autonomia para decidir como deverá encerrar e reprogramar suas atividades escolares desde que estejam obedecendo aos Decretos e protocolos de enfrentamento ao COVID-19. 


ENTENDA 

Em 2020, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, o ano letivo foi interrompido no dia 18 de março. A medida tomada pelo Executivo local teve o intuito de evitar a disseminação da doença em ambientes escolares, e foi pioneira no Brasil quanto às providências para conter a transmissão. Em 28 de setembro, as aulas da rede pública foram retomadas de forma on-line/remotas e devem continuar até o encerramento do ano letivo em decorrência da pandemia.
Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Publicar um comentário