PALMEIRAS BATRE O ESPORTE E GANHA FOLGA NO BRASILEIRO

 PALMEIRAS DESCANSA PARA LIBERTADORES E GANHA FÔLEGO TAMBÉM NO BRASILEIRÃO

Equipe palestrina cola no G-4 e vai encurtando distância dos primeiros colocados




Por José Edgar de Matos — São Paulo


O Palmeiras entrou em campo com uma equipe alternativa e venceu o Sport por 1 a 0 na Ilha do Retiro. Embora o técnico Abel Ferreira evite usar o termo, o clube aproveitou o duelo deste sábado para descansar peças fundamentais como Viña, Luiz Adriano e Gustavo Gómez, que nem viajaram a Recife. E o fôlego recuperado pelo trio também serve para o time dentro da disputa do próprio Brasileirão.

Finalista da Copa do Brasil e a um passo da decisão da Libertadores, já que pode perder por até dois gols de diferença para o River Plate na próxima terça-feira, o Palmeiras também se aproximou de uma nova disputa: o G-4 do Brasileirão (por enquanto).

A equipe de Abel Ferreira, que, entre os tradicionalmente titulares, contou só com Weverton, Luan e Raphael Veiga desde o início do jogo na Ilha do Retiro, agora se encontra só a dois pontos do Flamengo, quarto colocado. Para o líder São Paulo, um adversário que ainda terá pela frente na Série A, a distância caiu para nove – e com um jogo a menos, o que pode encurtar a diferença para seis.

Se a matemática anima, o desempenho também se eleva. O Palmeiras, com Luan comandando e reservas como Kuscevic e Breno Lopes como destaques, controlou basicamente todo o segundo tempo e sofreu um susto apenas no fim, quando a arbitragem ameaçou dar um pênalti de Rony – as imagens do VAR fizeram o árbitro recuar.

Coletivamente, o Palmeiras parece cada vez mais próximo de um padrão. Assim como na terça, a defesa em bloco baixo com cinco homens deu certo e limitou o jogo do Sport. Se contra o River Gabriel Menino fez a vez de lateral-direito, em Recife o atacante Gabriel Veron mostrou disposição e cumpriu seu papel.
Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário