ATAQUES À CORTE: STF DEVE COLOCAR, NA 5ª, DANIEL SILVEIRA NO BANCO DOS RÉUS POR AMEAÇA A MINISTROS

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) vão decidir na próxima quinta-feira, dia 11, se aceitam ou não a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) por grave ameaça e incitação de animosidade entre o Tribunal e as Forças Armadas. O ministro Alexandre de Moraes, relator, pediu nesta segunda-feira, 8, a ‘inclusão imediata‘ do caso na pauta do STF, solicitação que foi prontamente atendida pelo presidente do Tribunal, Luiz Fux. A expectativa na Corte é a de que a denúncia seja aceita.

Moraes pediu prioridade na discussão do caso pelo plenário em razão de Daniel Silveira estar preso desde o dia 16 de fevereiro. O parlamentar foi detido horas após divulgar um vídeo com apologia ao Ato Institucional 5 (AI-5) - o mais duro da ditadura militar - e discurso de ódio contra os integrantes da Corte.

A ordem foi proferida por Moraes pela prática de crime inafiançável. Um dia após a prisão de Silveira, o Plenário do Supremo ratificou a decisão. Horas depois do julgamento, a PGR denunciou o deputado.
Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Publicar um comentário