ABAPA DOA KITS DE IRRIGAÇÃO PARA PEQUENOS AGRICULTORES DE SÃO DESIDÉRIO

O município do Oeste da Bahia é o maior produtor de algodão do estado e está entre os maiores do país.


  

Águas não faltam em São Desidério. Seus rios, lagoas e grutas atraem visitantes de todas as partes. Mas para os pequenos agricultores de frutas, hortaliças, mandioca e outras culturas, como milho e feijão, a abundância do recurso hídrico nem sempre significa disponibilidade. É o caso de seu Paulo Abreu, de 49 anos, que juntou com sacrifício 20 mil reais para investir num poço artesiano, e esperava, com o que restasse do recurso, implantar um pequeno sistema de irrigação. “Não sobrou nada. Decidi procurar um banco de fomento, e até me endividar, para fazer a água do poço chegar à minha roça, mas era tanta burocracia, tanto avalista, que voltei para casa muito triste, sem saber o que fazer”, relatou o agricultor, natural do município de Irecê, e, há 20 anos, morador de São Desidério.

 

Nesta quarta-feira, 23 de junho, a história de Paulo Abreu finalmente deu uma guinada. O kit de irrigação com o qual ele sonhava e fazia planos chegou às suas mãos, graças à parceria que já dura três anos entre a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) e a Prefeitura Municipal de São Desidério. Esta parceria faz parte do Programa de Apoio ao Pequeno Produtor, da Abapa, que doa kits de irrigação que fazem a diferença na vida de cotonicultores familiares, no Sudoeste do estado, e de produtores de culturas hortícolas, dentre outras, na região Oeste da Bahia. Da prefeitura, eles recebem a assistência técnica tanto para a montagem do sistema, quanto para a agricultura em si, e até assessoria na comercialização da produção.

 

Seu Paulo pretende irrigar dois hectares, e, além do poço artesiano, deixou tudo preparado para isto. Seu relato emocionou os presentes à solenidade, ocorrida na sede da Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Econômico. “Foi a luz no fim do túnel com a qual eu sempre sonhava”, disse.

 

Nesta etapa da parceria entre a Abapa e a Prefeitura, foram distribuídos kits suficientes para irrigar três hectares de lavouras. “Mas esses kits são fracionados, e vão atender a nove famílias de comunidades diversas do município”, explica o diretor executivo da Abapa, Lidervan Morais.

 

De acordo com a secretária, Patrícia Rocha, estas doações, ao longo dos três anos, têm ajudado a melhorar a vida de muitas famílias. Já são quase 30, contando com as beneficiadas na solenidade. “Muitos que, antes da irrigação, produziam apenas para a subsistência, depois dos kits, passaram a vender o que produzem, até para o Governo Municipal, via edital, seja para a Merenda Escolar, para o hospital e o abrigo de idosos”, disse a secretária.

 

A decisão pelas famílias a receber o kit de irrigação, segundo Patrícia Rocha, é muito criteriosa. “Precisamos que eles tenham uma estrutura mínima, como uma bomba d’água, por exemplo, e damos o acompanhamento a essa família depois da instalação”, afirmou. A secretária elogiou a iniciativa da Abapa, lembrando que o município é o maior produtor de algodão do estado, e está sempre entre os maiores do Brasil. “Esse olhar do grande produtor sobre o pequeno vem de quem conhece de perto as dificuldades de quem produz. Muitos cotonicultores do Oeste, um dia, foram também pequenos agricultores. A solidariedade traz enormes benefícios. Somos muito gratos à Abapa”, concluiu Patrícia Rocha.




 

23.06.2021

Imprensa Abapa

Catarina Guedes – Assessora de Imprensa

(71) 98881-8064

 

Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário