FORMOSA DO RIO PRETO: PRESO "PAI" É O PRINCIPAL SUSPEITO DE ABUSAR DA FILHA DE ANOS QUE MORREU NA UPA DE LEM

Na quarta-feira (05), o delegado Arnaldo, titular da Delegacia de Formosa do Rio Preto  expediu pedido de prisão temporária contra o suspeito de praticar abuso sexual contra a filha de apenas 3 anos idade, a criança veio a óbito após dar entrada na UPA de Luís Eduardo Magalhães. 

De acordo com investigações, o crime aconteceu no povoado de São Pedro, município de Formosa do Rio Preto (Ba). O suspeito seria o próprio “pai”, natural de Barreiras, tem 33 anos de idade.

VEJA O RELATÓRIO POLICIAL 

A natureza do crime foi tipificada como:  ESTUPRO DE VULNERÁVEL COM RESULTADO MORTE – CRIME HEDIONDO. ART. 217-A § 4º do Código Penal.

Histórico do caso:

A delegacia de Polícia de LEM foi informada pela Assistente Social da UPA de Luís Eduardo Magalhães/BA, a respeito da chegada de uma criança de apenas 03 (três) anos de idade, com quadro de saúde extremamente grave e imediatamente encaminhada para o Setor de Emergência da UPA, sofrendo paradas cardiorrespiratórias, sendo necessária sua imediata intubação.

Na ocasião, foi necessário submeter a criança à introdução de sonda, foi aí que percebeu sinais de violência sexual. Mesmo com todo o atendimento a criança não resistiu e foi a óbito na UPA de Luís Eduardo Magalhães/BA.

Ação Policial:

Em todo esse trágico cenário, policiais civis conduziram os pais da menor e os dois foram ouvidos na DT de Luis Eduardo Magalhães/BA. naquela ocasião ainda foi ouvida uma testemunha.

O caso foi repassado para a Delegacia Territorial de Formosa do Rio Preto/BA e então as investigações continuaram com a detenção do “pai” da criança A.S.S. Os policiais perceberam que logo após o mesmo ter participado do enterro da menor, já estava em cima de uma moto, provavelmente para fugir.

A mãe e várias testemunhas foram ouvidas. Depoimentos decisivos e confissões levaram então ao pedido de prisão temporária do “pai” da criança.

Providências adotadas:

As providências adotadas pela Polícia além da detenção do autor, requisição de exames de constatação de estupro/ato libidinoso para todos os outros cinco filhos menores do casal. O conselho Tutelar foi acionado e concedeu a guarda das cinco crianças a uma pessoa da família.

AUTORIDADES POLICIAIS RESPONSÁVEIS: DPC Arnaldo Alves do Monte, DPC Joaquim Rodrigues de Oliveira, equipe de policiais civis de Luís Eduardo Magalhães e equipe de policiais civis de Formosa do Rio Preto/Ba.

Polícia Civil/ DT Formosa do Rio Preto

Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário