POLÍCIA CIVIL DE LUÍS EDUARDO MAGALHÃES DESBARATA QUADRILHA ESPECIALIZADA EM BLOQUEIO DE TRAVAS E FURTOS NO INTERIOR DOS VEÍCULOS

Objetos furtados eram enviados para residência dos integrantes da quadrilha via correios e ônibus. 
Foto: Divulgação/PC

A Polícia Civil de Luís Eduardo Magalhães prendeu na tarde do dia 28/06/2022 Associação Criminosa responsável por diversos furtos a veículos na cidade.

Histórico do fato:

Renato Silva e Gustavo Souza naturais de Maceió, Estado do Alagoas  praticavam vários furtos de objetos encontrados dentro dos automóveis . 

Os furtos aconteciam em estacionamentos de Churrascarias, Supermercados e Bancos na cidades onde eles passavam.

Para cometer os ilícitos eles usavam  dispositivos eletrônicos, que interferem na frequência dos controles das chaves que travam os veículos, assim, quando às vítimas acionavam o fechamento das portas e se afastavam , os criminosos aproveitavam os carros destravados e furtavam todos os pertences encontrados no interior dos automóveis.

Os Autores fizeram várias vítimas no percurso de Maceió até Goiânia entre os dias 23 a 27/06/2022, onde foram furtados diversos notebooks, celulares, caixas de som, bijuterias, além de valores em dinheiro, todos os objetos furtados eram enviados para um receptador na cidade de Maceió através de ônibus interestadual .

Em dos Furtos praticados na cidade de Luís Eduardo Magalhães, foram flagrados pelo circuito de câmeras em um estacionamento de supermercado quando cometia o crime, imagens que ajudaram os investigadores na identificação da dupla .

Os dois juntamente com o veículo Ford ka preto usado por eles, para cometimento dos crimes, foram apresentados na delegacia de Luís Eduardo Magalhães onde foram realizados procedimentos policiais.

■ AUTORIDADE POLICIAL RESPONSÁVEL: DPC Joaquim Rodrigues de Oliveira, 20.502.398-2.


Polícia Civil: 200 anos servindo a sociedade.
Compartilhe no Google Plus

Sobre CHICO DUVALLE

Chico Duvalle - Jornalista DRT-MA 1741 / Radialista DRT-MA 1008
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário